Apresentação e contactos... Novidades Mundisoft... Eventos Mundisoft...     Página inicial... Mapa do site...     Representação e distribuição de produtos e soluções... Formação certificada e de qualidade... Serviços especializados...     Pesquisar website Mundisoft... Pedido de informação, catálogos, demos...     Subscrever Mundisoft News@Mail (newsletter)... Documentos técnicos, white-papers, promoções... Links recomendados para outros sites...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Mundisoft, Lda

Campo Grande, 382 C, 1º A
1700-097 Lisboa - Portugal
Tel: 217 520 810
Fax: 217 520 818 / 9
geral@mundisoft.pt
 

MDT Profissional  Modelação digital de terrenos, topografia e engenharia civil


 

O MDT Profissional destina-se a ajudar os seus utilizadores, em todas as fases de projectos de topografia, incluindo projecto de estradas. Os seus principais destinatários são administrações públicas, institutos, empresas construtoras, gabinetes de engenharia, topografia e empresas dedicadas a movimentações de terra, escavações, oceanografia, minas, meio ambiente, etc, assim como para os profissionais independentes.

Sendo uma aplicação com tecnologia ObjectARX, é muito fácil de utilizar e inclui excelentes e poderosas funcionalidades. Funciona com todas as versões das aplicações Autodesk (AutoCAD, Map, Architectural Desktop, Land Desktop) em Windows 9x, NT, 2000 e XP.

  Introdução geral  -  Não existem limitações quanto ao número máximo de pontos, triângulos, vértices, etc, a não ser os próprios recursos da estação de trabalho. A importação e exportação pode ser feita em ficheiros em formatos ASCII convencionais, Excel e norma LandXML. A aplicação incorpora um Gestor de Projectos, que mediante uma base de dados Access ajuda a organizar os desenhos e projectos em diferentes localizações, guardando a informação de referência. Se necessário, a aplicação pode solicitar esta informação antes de gravar o desenho. A base de dados pode ser ampliada pelo utilizador.
 

  Pontos topográficos  -  A aplicação começa a trabalhar a partir de coordenadas obtidas de qualquer estação total ou GPS, convertendo os ficheiros procedentes de cadernetas ou de qualquer aplicação, mediante a utilização de um potente gestor de formatos. 

Os pontos são objectos inteligentes AutoCAD, pelo que podem ser apagados, movidos, mudar de layer, etc, com os comandos convencionais. Além disso, podem-se efectuar todo o tipo de operações de edição, tais como: interpolar, mudar cotas, classificar por níveis, filtrar, assignar códigos, rotular coordenadas, agrupá-los, alterar a sua visibilidade...
  

As coordenadas podem ser modificadas através de um editor, similar a uma folha de cálculo. A selecção é realizada por número, nível, cota, grupo, código ou graficamente. Também é possivel obter novos pontos a partir de entidades AutoCAD desenhadas por outras aplicações (pontos, círculos, cruzes, blocos com ou sem atributos...). O programa desenhará automaticamente a planimetria e as linhas de quebra em 3D, usando a sua base de dados de códigos, na qual se podem definir layers, cores, tipos de linha, espessuras, tramas e blocos, associados a códigos de pontos.
 

  Superficies  -  Definição gráfica de linhas de quebra, mediante uma sequência de pontos, códigos ou pela importação de ficheiros. Ferramentas para detectar vértices soltos, pontos sobrepostos, cruzamentos e incongruências com a superficie, reparando ou marcando os erros. Comandos para edição avançada de polilinhas.

Triangulação automática a partir de pontos e baseada em linhas de quebra. Triangulação a partir de curvas com controle de comprimento e ângulo e minimização de triângulos planos. Desenho de linhas, 3D faces ou polyfaces. Visualização rápida.
 

Outros comandos incluem a criação de plataformas com cota fixa ou variável, movimentos de terra por cotas de terreno ou terraplano, assim como o cálculo do terreno modificado, usando um alinhamento e os perfis transversais gerados.
 

  Cartografia e curvas de nível  -  Geração de curvas de nível como polilinhas ou objectos curva de nível. Curvas em cotas especiais. Modificação automática da curva após alteração da triangulação. Colocação inteligente de cotas sem cortar as curvas, com controle de estilo de curvas, tamanho, layer, etc., em modo manual, automático ou por linhas de direcção. Rotulação adicional de cotas.

Simplificação e suavização com diferentes algoritmos. Ferramentas para cortar e unir curvas de nível, realizar interpolação manual ou automática de curvas, verificar cotas, etc. Comandos para adicionar vértices, editar cotas das curvas, dividir polilinhas e splines, etc.


  Traçados em planta  -  Ferramentas para o ajustamento de linhas, curvas e clotoides, permitindo controlar raios e parâmetros, assim como recomendações do Instituto das Estradas.


Definição gráfica e/ou numérica de eixos e conversão para alinhamentos, que se utilizarão nos processos de obtenção de perfis longitudinais e transversais. Ajustamento de curvas e clotoides. Edição interactiva de vértices. Inserção automática de dimensões, com controle de todos os parâmetros de desenho. Marcação de distâncias à origem. Conversão de eixos provenientes de outras aplicações existentes no mercado.

Definição avançada de segmentos, com cálculo automático de perfis, controle de erros do terreno e secções e edição interactiva. Suporte de sobrelarguras.



  Perfis longitudinais  -  Cálculo e representação de perfis longitudinais e transversais a partir da triangulação, cartografia digitalizada em 3D ou de ficheiros de secções. Perfis por regressão. Entrada manual. Perfil rápido a partir de superficies.


Desenho parametrizavel de perfis, com modificação da ordem de desenho, tamanho e estilo de texto, tipos de cotas, justificação, etc. Desenho contínuo ou distribuição automática por folhas. Perfis em pente. Perfis especiais para saneamento e linhas eléctricas. Visualização dinâmica de ficheiros de secções, com perfil rápido, perfil longitudinal e obtenção da cota de um ponto.

É possivel representar num só perfil, diversos terrenos e várias rasantes, com os seus traineis e respectivas cotas, cotas de projecto, distâncias parciais e à origem, diagramas de curvatuta e de sobreelevação, numeração de perfis, blocos inseridos, etc.



  Perfis transversais  -  Obtenção de perfis considerando plataformas, valas, taludes, pavimentos, muros, sobreelevações e sobrelarguras. Edição gráfica e numérica dos perfis, secções tipo e rasantes. Cálculo e representação de superficies.

Geração do terreno modificado com visualização e edição prévia. Obtenção dos perfis a partir de pontos topográficos. Comando para localização de um perfil no desenho. Projecção de polilinhas 3D sobre perfis transversais.

Navegação em tempo real, pela estrada. Conversão a partir de outras aplicações existentes no mercado.



  Definição de rasantes  -  Definição de rasantes de forma gráfica ou numérica: especificando o P.K. e cota dos vertices, distâncias e inclinações, usando polilinhas ou mediante a importação de ficheiros.

Edição de curvas verticais com ajuste mediante o raio ou parâmetro, tangente, ordenada máxima ou ponto de passagem, com informação em tempo real, possibilidade de estabelecer a inclinação anterior ou posterior e controlo de sobreposições.

  Perfis tipo (templates)  -  Desenho dos perfis tipo aplicáveis a cada troço de um alinhamento, tanto em projectos urbanos (composição de vectores) como em projectos de estradas (passeios, bermas e separador central...).

Identificação de vectores na definição de plataformas: passeio, berma interior e exterior, eixo da via, etc. Controle de sobreelevação e suas condicionantes, assim como pontos pivot. Inclinação da faixa de rodagem fixa, paralela ou dependente da sobreelevação.


Possibilidade de definir elementos vectoriais e blocos a colocar no eixo da via. Taludes de escavação e aterro, com bermas e número variável de vectores. Definição de camadas múltiplas de estrada com diferentes espessuras e materiais. Definição de espessuras minima e máxima de reforço e extensão. Definição da geologia com espessura do solo, da terra, do trânsito e da rocha. Sustentação de estruturas e muros.

Atribuição de secções com visualização prévia considerando o terreno, sobreelevações, etc.


  Piquetagem  -  Criação de bases de piquetagem por diversos métodos. Cálculo e piquetagem de pontos em planta a partir de bases, pontos sobre um eixo, PK e afastamento, intervalos, etc, utilizando coordenadas ou distância à origem. 

Análise de pontos a partir das suas coordenadas.

Piquetagem simultânea de vários elementos em listas de linhas e camadas da estrada. Análise, controle e relatório, de um levantamento sobre um modelo digital de terreno modificado e/ou sobre perfis elaborados no desenho.



  Volumes  -  O cálculo de volumes obtém-se a partir do comparativo entre malhas, superficies ou ou perfis transversais, obtendo-se uma representação gráfica das zonas de escavação e aterro, assim como listas numéricas. Tabela de volumes, com editor electrónico tipo folha de cálculo.


Cálculo de volumes por áreas médias ou prismoides, com correcção opcional de curvatura. Cálculo de volumes por diferença de superficies com resultados analiticamente precisos. 

Medição rápida de cúbicagem, de modo a encontrar a percentagem executada da obra, a partir de um ficheiro de pontos X,Y,Z ou P.K.s e cotas. Diferentes relatórios para cada método, com estimativa de erro máximo. 

Tabelas de áreas, volumes, medições transversais, medições de camadas de estrada, medições da estrada, etc. Diagramas de massa.



  Visualização tridimensional do terreno  -  Malha tridimensional do terreno a partir de superficie ou de curvas de nível. Análise de declives, exposições e hipsometria. Representação em sólidos. Desenho de sólidos com atribuição de materiais. Visualização fotorealista e em relevo to terreno.

  Utilitários  -  Ferramentas de acabamento de plantas: desenho de grelhas, taludes, divisão em folhas, etc. Ferramentas de controle de layers. Elevação de uma ou múltiplas entidades, a partir de cartografia plana. Opções de parcelamento para assignação de superficies por paralelas a um lado, vértice ou rotação, etc. Cotagem. Identificação, listas e exportação para base de dados.




 
Solicite-nos informações e um CD de demo dos produtos TCP-IT.
Para mais informações sobre estes produtos: www.tcpit.es 
 

 © 2005 Mundisoft, Lda

| MDT Profissional |

Actualizada: 28-Jan-2005